Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Uma pergunta por dia: É fácil aceitarmos aquilo que somos?

20.09.14, Alice Alfazema

Ilustração Mary Doodles

 

Depois de ler este belíssimo texto da M*, do blogue Um Mar de Pensamentos, concordo com ela, não é fácil aceitarmos quem somos, porque estamos constantemente a querer ser aceites pelos outros, mas num modo de compra, quero com isto dizer que esta aceitação se baseia no gosto do outro e só muito mais tarde no nosso. No entanto, a idade vai-nos libertando deste fardo, há ainda quem nunca se consiga libertar dele. Insistir é a palavra de ordem. Vale a pena insistir na libertação da dependência. A nossa liberdade de acção vale por si só todos os gostos impostos, e quando isso é alcançado é a estrada que começa para um caminho surpreendente.

 

Uma pergunta por dia até ao final do ano, quem quiser responder esteja à vontade.

 

 

Alice Alfazema

 

11 comentários

Comentar post