Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Um sentimento que não compreendo é a maldade

09.11.17 | Alice Alfazema

 

 Fotografia de Biplab Hazra, fotografo de natureza, que alerta para a maldade humana sobre os elefantes na Índia.

 

 

De entre as coisas que não compreendo nesta vida está a maldade. O que leva uma pessoa a magoar alguém, seja ele de que espécie for? Como é possível sentir felicidade nisto? Como é possível não sentir a dor do outro. 

 

 

 

Alice Alfazema

5 comentários

Comentar post