Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Openfields

17.06.12, Alice Alfazema
    Se observarmos e analisarmos as nossas paisagens temos acesso a imensa informação. São verdadeiros museus a céu aberto, por onde já tanta gente passou e deixou as suas histórias de vida. Um terreno que hoje parece abandonado foi em tempos o motor de uma economia local e regional que mantinha a vida em constante movimento. O que parece apenas um campo aberto, é (...)