Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

O meu céu

17.08.14, Alice Alfazema
Olhei o céu no fim do dia, fui buscar a máquina e tirei estas três fotos, tive que ser rápida, o momento passou depressa, aqui fica o registo.      Quem passou pela vida em brancas nuvens e em plácido descanso adormeceu. Quem nunca bebeu das fontes da alegria, da paz, do amor, do silêncio e da harmonia. Quem nunca se deleitou com a meditação. Quem nunca (...)