Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

b

27.02.19, Alice Alfazema
  Ilustração Joseph Lorousso     "BASTA-ME um pequeno gesto, feito de longe e de leve, para que venhas comigo e eu para sempre te leve…   – mas só esse eu não farei.     Uma palavra caída das montanhas dos instantes desmancha todos os mares e une as terras mais distantes…     – palavra que não direi.     Para que tu me adivinhes, entre os ventos taciturnos, apago meus pensamentos, ponho vestidos noturnos,     – que amargamente inventei.       Cecília Meireles,  Viagem

Viagem na ponta dos dedos

08.05.17, Alice Alfazema
 Ilustração Jennifer Balkan   Chega até aqui gente que viaja na ponta dos dedos. Entram e saem de mansinho. Muitos dedilham páginas e dias passados, coisas esquecidas. O fascinante mundo novo, sempre novo, numa mudança constante, rápida, fulminante. Os dedos correm mundo, vêm de muitos países, sabem muitas línguas, são de muitas cores. São finos e longos, alguns robustos, outros já nodosos. Serão gente que se cuida? Gente que vive num mundo em conflito? Estarão numa praia (...)

Março dia 7 - Mulheres menina

07.03.17, Alice Alfazema
    Gostei tanto deste pedaço de pensamento que quis plantá-lo aqui, e porque as mulheres também são meninas:     Lembram-se do lugar onde lavávamos a roupa? Aqui está de novo, foi o mesmo onde tomámos banho, todos os dia que aqui passámos. Neste casa, no meio da selva do Bornéu, não havia água quente, não havia chuveiro, a Mia cabia inteira na bacia, a água - que tinha sido antes chuva - era aquecida para o seu banho (privilégio de ser pequenina) e o cabelo lavado às (...)

A mala

01.02.16, Alice Alfazema
 Ilustração Andrej Mashkovtsev   Procuro uma alegria uma mala vazia do final de ano e eis que tenho na mão - flor do cotidiano - é vôo de pássaro é uma canção.     Carlos Drummond de Andrade     Alice Alfazema