Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Dias de vento

24.03.15 | Alice Alfazema | ver comentários (6)
Os dias de vento fazem-me lembrar do tango. A dança das folhas, a fúria e a pausa repentina. O deixar ir. O vir. O ficar. ...um dia vão descobrir que viver é um treino e uma aprendizagem… É um exercício de meter no possível os nossos sonhos, os nossos desejos e as (...)

Maio dia 10

10.05.14 | Alice Alfazema | ver comentários (4)
 ♥ Sentei-me aos pés do grande Eucalipto, e fiquei a apreciar o brilho mágico que o Sol transmitia ao Rio. O Vento soprava leve. Manhã gostosa. Ao longe uma aula de (...)

Ventanias

09.02.14 | Alice Alfazema | ver comentários (2)
Pintura Jack Vettriano     O vento é um cavaloouça como ele correpelo mar, pelo céu.  Plabo Neruda  Alice Alfazema

Isto somos nós

13.03.11 | Alice Alfazema | comentar
    Pintura de João Barcelos  O pó somos nós. O vento é a nossa vida.Deu o vento, levantou-se o pó: parou o vento, caiu.Deu o vento, eis o pó levantado: estes são os vivos.Parou o vento, eis o pó caído: estes são os mortos.   Pe. António Vieira

Aposta

04.11.10 | Alice Alfazema | ver comentários (2)
O Vento Norte discutia com o Sol acerca de qual deles era o mais forte. Como nenhum dos dois queria reconhecer a superioridade do outro, resolveram submeter o seu poder a uma prova: o primeiro que conseguisse tirar o casaco de um caminhante seria o vencedor.O Vento Norte (...)

Numa sexta-feira 13...

14.08.10 | Alice Alfazema | ver comentários (4)
Hoje sexta-feira 13, fim de noite inesquecível... Pelas ruas da vila tocou-se música, bebeu-se moscatel e houve alegria no ar. Aprendi com aqueles jovens que trazem o gosto da tradição, que para rezar não é preciso repetir palavras.   A música é uma forma de (...)