Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Vagueando pelo cosmos

24.09.11, Alice Alfazema
  Somos todos almas que vagueiam pelo cosmos, a viver as nossas vidas ao mesmo tempo, mas com a impressão de que estamos a passar de uma encarnação para  a outra. Tudo aquilo que toca o código da nossa alma jamais é esquecido e, consequentemente afecta o resto. Eu olho para Hilal com amor, o amor que se reflecte como um espelho do tempo, ou daquilo que imaginamos ser o tempo. Ela nunca foi minha e jamais será, porque assim está escrito. Se somos criadores e criaturas, também (...)