Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Um pouco de prata

29.03.11, Alice Alfazema
      Uma vez um homem rico com inclinação para a avareza visitou um rabi, que lhe pegou pela mão e o conduziu a uma janela. - Olha lá para fora - disse o rabi -, o que vês? - Vejo homens, mulheres e crianças. O rabi voltou a pegar-lhe na mão, mas, desta vez, levou-o a um espelho. - O que vês agora? - Vejo-me a mim. Então o rabi disse: - Repara! A janela é de vidro e o espelho é de vidro também. Mas o vidro do espelho está coberto de prata. Basta um pouco de prata (...)