Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Corpo de Deus

20.06.19, Alice Alfazema
  Ilustração Jun Chul Lee   Cada vez entendo menos qual é o meu papel na escola, e o trabalho como auxiliar. Hoje é feriado e dói-me as mãos e os pulsos, tenho os dedos inchados de tanto apagar sublinhados e escritos. Lembram-se que agora os manuais escolares são à borla? E devem de ser entregues nas melhores condições? Estas são algumas frases que se ouvem: Eu não sabia que era para apagar... Vocês estão a apagar esses podem também aparar os meus, tenho de ir trabalhar. Esti (...)

#diariodagratidao 17-06-2019

17.06.19, Alice Alfazema
  Ilustração  Quint Buchholz   Hoje o meu dia de trabalho foi de borracha na mão, a apagar escritos e sublinhados nos livros escolares. Quando cheguei a casa comi uma enorme bola de gelado para superar o trauma. Mas desconfio que sou capaz de vir a sonhar com isto, que a borracha me persegue e eu não sou capaz de fugir dela. Ó meu Deus, que mal fiz eu na outra encarnação? Ainda bem que existem gelados!