Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Tempestade Félix

11.03.18, Alice Alfazema
Eram mais ou menos três da madrugada, um trovão avassalador faz soar a sua altivez, o prédio estremece, o quarto ilumina-se, o quadro eléctrico vai abaixo, o marido grita, o que é isto? Ela levanta-se, atordoada, todas as suas musculosidades tremem, aquilo pareceu-lhe uma bomba, parecia que ia ouvir sirenes a todo o momento. Coisa estranha. Procura algo no escuro. Procura. O marido pergunta, estás à procura do quê? Do casaco. Estou à procura do casaco.      Alice Alfazema