Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

A taberna

06.05.17, Alice Alfazema
    Quando eu era miúda morava por cima dum  Wine Bars. Assomava-me à  varanda para ver os bêbados passarem, uns cantavam, outros gritavam, os mais trágicos vomitavam. Os ziguezagues eram uma delicia, e eu sempre na expectativa do primeiro tombo, mas eles aguentavam, eram marinheiros valentes, cavalgavam as ondas do álcool como quem faz surf. Por vezes as mulheres iam buscá-los ao Wine Bars, era uma tarefa difícil, demorada, agitada e cambaleante.   Entre o tinto e o (...)