Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

#diariodagratidao 03-01-2019

03.01.19, Alice Alfazema
Ilustração Evan M. Cohen   Hoje foi um dia de muito frio, fiquei gélida no meu trabalho, bebi muito chá para me aquecer durante todo o dia. Estava tanto frio dentro do bar que era quase como se tivéssemos na rua, ou no calor da Rússia. Quando dei por mim a entrar em casa fiquei grata por sentir o calor e o conforto, e de me poder esticar no sofá e enrolar-me nas mantas.   

Eu infiltrado no sofá alheio

30.03.16, Alice Alfazema
    Eu sou o dono do sofá Eu quero ser o dono do sofá(mas não me deixam) O sofá é tão grande e eles são uns egoístas Eu serei eternamente o dono do sofá O sofá é meu amigo É no sofá que desabafo grandes sornas O meu sofá O sofá deles O nosso sofá   Poema de Ginjas Toma      Alice Alfazema