Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Nã vale a pena a gente andar cá com manias…

03.02.18, Alice Alfazema
Tenho o resto do cozido que ficou do jantar de ontem ao lume, estou a acrescentar mais repolho, não tarda nada está toda a gente aí para almoçar, devem de vir esfaimados. Lá fora está um frio de rachar qualquer pele que se esgueire à portada. Já estendi roupa e já a recolhi, passei mais um monte dela, aspirei e dei um jeito pela casa. Em resumo vou dizer que não fiz nada. Que é aquilo que as mulheres dizem à segunda feira quando voltam ao emprego.    Também já coloquei (...)

Micro contos - Naquela casa

22.06.17, Alice Alfazema
    Era uma vez uma casa, quem morava lá era muito feliz, sorriam muitas vezes durante o dia, tiravam muitas fotografias e estavam sempre atentos às noticias do momento. Todos os que moravam naquela casa tinham opinião sobre todos os assuntos, eram convictos naquilo que diziam, verdadeiros, activos nas mensagens de partilha. Havia o mundo deles e o mundo dos outros. O mundo deles era aquela casa.      Alice Alfazema

Radiografia

13.01.13, Alice Alfazema
  Reportagem televisiva:   Tema - Obesidade na adolescência.   Nas imagens relatos de uma família que fala da crise e da alimentação que agora fazem. Dois adolescentes dão a cara, não se percebe bem em que idade acaba a adolescência (parece-me no entanto que a deles já foi à algum tempo), e falam do seu dia-a-dia. Dizem que agora fazem as refeições em família, que é melhor (...)