Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Diário dos meus pensamentos (1)

Angústia

20.03.20, Alice Alfazema
Por estes dias os meus pensamentos são velozes e vão em todas as direcções, há um grande movimento aqui nos blogs do sapo para que se arrebite o ânimo, o que é de louvar, e desde já agradeço à equipa do SAPOBLOGS por continuar desse lado, aqui neste espaço virtual as pessoas podem trocar ideias, saber umas da outras, mandar mensagens de ânimo e de amizade, têm-se colocado novas tags, no entanto sinto que necessitamos (...)

Luxo

Liberdade

18.03.20, Alice Alfazema
    Ilustração Scott Kahn   Hoje, a partir da meia-noite entramos no estado de emergência nacional, neste momento são 22h e as pessoas estão à janela a bater palmas em sinal de reconhecimento por todas as pessoas que estão a lutar na linha da frente desta pandemia, as palmas fazem eco pela rua toda, no entanto parece haver um silêncio a separar-nos, tal como uma bolha invisível, é o medo, no andar de baixo o miúdo que tem três anos canta músicas de Natal intercaladas com a (...)

Postal

26.10.19, Alice Alfazema
  Queridos amigos, Tenho tido pouco tempo para responder aos vossos comentários, sei que é uma falha minha, mas agradeço-vos do coração as mensagens que me deixam todos os dias. O blog faz parte da minha vida, assim como vocês, não interessa que não nos conheçamos fisicamente, isso para mim não tem grande valor, o que me preenche são as palavras de carinho que me deixam aqui todos os dias, ou como ontem no espaço da MJP, onde falei sobre Liberdade (...)

Cinquentas - Eu

31.07.19, Alice Alfazema
  Ilustração  Francesca Escobar   Cinquenta são: 5x10. São cinco anos em cada dedo das mãos. Cinquenta Verões, cinquenta Invernos. Cinquenta brindes.   A Isabel, lançou o desafio de falar do que é ter cinquenta anos, e eis-me aqui reflectindo sobre o assunto. O que senti ao fazer cinquenta anos de vida? Senti que tinha ultrapassado (...)

#diariodagratidao 11-03-2019

11.03.19, Alice Alfazema
  Ilustração Irene Fioretti   É bom estar aqui neste mundo dos blogs do Sapo. É muito mais que escrita, é conversa, é afinidade, é simpatia e até preocupação, é carinho e emoção. É um mundo que nos escorre pelas mãos, que afaga velhos e novos. Há luas e sois, desertos e florestas, gente às vezes zangada, aflita, despreocupada, divertida, triste. É um mundo dentro de outro mundo. Aqui na nossa palma da mão.