Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

E porque há mais assuntos para além dos petiscos e das fotos na praia no Verão

19.08.16, Alice Alfazema
Portugal não pode explorar gás ou petróleo porque Julho de 2016 foi o Julho mais quente desde que há registos de temperatura. Porque os últimos nove meses foram todos os mais quentes desde que há registos: o Julho mais quente, o Junho mais quente, o Maio, o Abril, o Março, o Fevereiro, o Janeiro, o Dezembro, o Novembro. Não pode explorar combustíveis fósseis porque 2015 foi o ano mais quente desde que há registos. E porque antes de 2015, 2014 fora o ano mais quente até então. (...)

Eu na cozinha

27.03.16, Alice Alfazema
  Eis o meu primeiro folar. É de chocolate,  a receita está dois posts abaixo, é fácil de fazer e fica giro. Na próxima fornada vou fazer o de Olhão. Sirvam-se à vontade. Boa Páscoa!   Alice Alfazema  

Uma pergunta por dia: O sapo tornou-se metrossexual?

02.10.14, Alice Alfazema
Moro aqui no Sapo vai para cinco anos, é um bairro sossegado e simpático. Gosto de estar aqui à janela, espreitar os vizinhos, beber um cafezito aqui na minha varanda, enquanto cheiro a minha alfazema. Parabéns a todos pelo trabalho que vos deu esta mudança, que começou ontem, no entanto tenho saudades da imagem do outro sapo, este é demasiado lisinho, parece que foi à depilação, que me perdoem os meninos e meninas que gostam de alisamentos, mas eu sou uma pessoa de outros tempos.   (...)

Música no perfil

20.12.13, Alice Alfazema
Cada vez que vejo o meu perfil, aqui no blog, oiço uma música, suave e muito bonita, a princípio pensei que era daqui de casa, depois comecei a notar que só a ouvia quando estava no meu perfil, não sei como veio aqui parar,  ou se já cá está há muito tempo, não sei se os outros a conseguem ouvir, já entrei em vários perfis e não oiço nada, pois bem, quero agradecer o presente. Obrigada.       (seria possível tê-la no blog? ;))   (entretanto, a música desapareceu)   (...)