Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

A biologia do Beijo

um beijo roubado...ūüíč

12.06.21, Alice Alfazema
O beijo √© pr√≥prio do Homem? N√£o, os chimpanz√©s e, em particular, os chimpanz√©s pigmeus, os bonobos, praticam o beijo ‚Äď o toque dos l√°bios - como ali√°s tamb√©m os mais diversos jogos er√≥ticos, no quadro das suas rela√ß√Ķes sociais. Contudo, o Homem exibe uma diferen√ßa importante: os seus l√°bios s√£o revirados para fora, exibindo a fina mucosa avermelhada.¬†¬† ¬† Poder-se-ia pensar que se trata de um caracter sexual secund√°rio selecionado pela evolu√ß√£o, qui√ß√° relacionado com (...)

Jogo de raciocínio

ūüíč

10.06.21, Alice Alfazema
Transforma-se o amador na cousa amada, Por virtude do muito imaginar; N√£o tenho logo mais que desejar, Pois em mim tenho a parte desejada. Se nela est√° minha alma transformada, Que mais deseja o corpo de alcan√ßar? Em si somente pode descansar, Pois consigo tal alma est√° liada. Mas esta linda e pura semideia, Que, como o acidente em seu sujeito, Assim co'a alma minha se conforma, Est√° no pensamento como ideia; [E] o vivo e puro amor de que sou feito, Como mat√©ria simples busca a forma. ¬† Poema de Lu√≠s Vaz de Cam√Ķes

Geometria

ūüíč

08.06.21, Alice Alfazema
¬† Dentro do prisma A base, o v√©rtice De suas tr√™s Pir√Ęmides cont√≠nuas. Dentro do prisma A Ideia Que perdura e ilumina O que j√° era em mim De natureza pura. Dentro do prisma O universo Sobre si mesmo fechado Mas aberto e alado. Dentro de mim, De natureza √≠gnea Uma Ideia¬†do Amado. ¬† ¬† Vereis em cada c√≠rculo Tr√™s dimens√Ķes de um todo Aparentemente bipartido. Alfa se refaz. √Č expans√£o. E √© c√≠clico. √ďmega¬†se contrai Em nova dire√ß√£o. Em ess√™ncia Alimenta-se Daquela que (...)

Estranhos t√£o iguais

07.06.21, Alice Alfazema
Ilustração  Narjes Mohammadi     Eu desconfiava: todas as histórias em quadrinho são iguais. Todos os filmes norte-americanos são iguais. Todos os filmes de todos os países são iguais. Todos os best-sellers são iguais Todos os campeonatos nacionais e internacionais de futebol são iguais. Todos os partidos políticos são iguais. Todas as mulheres que andam na moda são iguais. Todos os sonetos, gazéis, virelais, sextinas e rondós são iguais e todos, todos os poemas em (...)

Descolaborar

06.06.21, Alice Alfazema
¬† Ilustra√ß√£o Alberto Pancorbo H√° medida que o tempo passa e a sociedade se transforma noutras din√Ęmicas adoptam-se novas formas de interpretar¬†as palavras, por vezes distorcendo a realidade, para¬† o mesmo fim. Se num passado relativamente recente se atribu√≠a¬†a palavra trabalhador a quem vendia a sua for√ßa de trabalho, seja ela qual fosse, hoje √© frequente ouvirmos falar em colaboradores, dando assim um ar mais levezinho √† √°rdua¬†tarefa de trabalhar, diz-se at√© que o (...)