Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Conversas da escola - As infiltradoras

12.05.18 | Alice Alfazema | ver comentários (1)
Por estes dias anda muita malta a infiltrar-se na fila do bar, geralmente são os grandotes. Vêm de fininho, assim de ladinho, e pumbas já está, rente ao balcão.- Infiltraste-te na fila?- Quem eu?! Acha?!- Sim.- Eu já estava aqui!- Então porque estás a levantar as (...)

Chapéuzinho p´ra lá de vermelho

13.11.13 | Alice Alfazema | ver comentários (2)
  Era uma vez (admitindo-se aqui o tempo como uma realidade palpável, estranho, portanto, à fantasia da história) uma menina, linda e um pouco tola, que se chamava Chapeuzinho Vermelho. (Esses nomes que se usam em substituição do nome próprio chamam-se alcunha ou (...)

Um outro lado

26.03.13 | Alice Alfazema | ver comentários (3)
 Fotografia de Cally WhithamO modo como os outros nos vêem é muito diferente daquilo que julgamos parecer. Há uns anos,  num jogo daqueles em que temos de escolher um animal para classificar uma pessoa, ofereceram-me a girafa. Ali (...)

Como recuperar o sorriso e a boa disposição

19.02.13 | Alice Alfazema | ver comentários (4)
 Pintura de Suellen Ross No século passado, foi feita uma experiência com pessoas, para avaliar a expressão do rosto e a sua influência na emoção. O autor desta experiência foi Strack entre outros. Pediram a um grupo de sujeitos que avaliassem os desenhos animados (...)

Recados de vida

23.08.12 | Alice Alfazema | ver comentários (2)
 - E tu gostas de perder?- Sim perder é bom, dá para descansar. Beatriz (6 anos)  A perspectiva das crianças tem um alcance muito límpido e dinâmico.  Alice Alfazema