Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

A inteligência humana

26.04.20, Alice Alfazema
Ilustração Catrin Welz-Stein   A minha rua tem andorinhas, já teve mais, agora resumem-se a poucos ninhos. Antes haviam pequenos cursos de água, onde as andorinhas iam buscar o barro para fazerem o ninho. Agora está tudo tapado, ou então cobriram o chão das linhas de água com pedras e rede, para ficarem bonitas. O ano passado alguns prédios foram pintados na Primavera, e os telhados foram lavados a esguicho de pressão, levaram todos os ninhos que existiam naqueles locais (...)

Diário dos meus pensamentos (23)

Primavera em Portugal

11.04.20, Alice Alfazema
  Ilustração Rebecca Stout   Por estes dias a vida escorre devagar, para alguns tem havido uma transformação na sua forma de estar, de pensar e de ser. Há gente que esteve no casulo e agora é borboleta. Gente que faz máscaras sem pedir nada em troca, gente que transforma a produção da sua fábrica, gente que disponibiliza aguardente vinícola para fazer álcool gel, gente que dá sacas de farinha para que se faça pão, gente que amassa e distribui esse pão, gente que toca (...)