Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Racismo e preconceitos

07.05.20, Alice Alfazema
Corria o ano de 1974, era a  minha primeira semana de aulas, no meu primeiro ano da escola primária, tínhamos acabado de sair da sala de aula e estávamos a caminho das brincadeiras feitas no recreio, quando oiço: não brinquem com aquela menina, porque ela é preta! Olho, e a miúda que disse aquilo estava de dedo em riste apontado para mim a rir-se, não compreendi aquilo, e nem tive tempo de reacção, pois a professora que estava atrás de nós fez ouvir a sua voz, não me lembro (...)

NEE - A vida depois de criança

10.08.19, Alice Alfazema
Esta é a sigla - NEE - com que se designam as crianças que frequentam a escola e têm apoios educativos diferentes das outras crianças a quem chamamos de normais. E o quer dizer NEE? Necessidades Educativas Especiais. É esta a forma como a sociedade os classifica.    Por vezes olhamos para eles e parecem-nos perfeitamente capazes de desempenhar uma tarefa simples ou de ter um raciocínio lógico adequado e validado pela nossa sociedade. Mas acontece que o mundo deles é (...)

Conversas da escola - A puta

30.08.16, Alice Alfazema
Conversa tida algures na segunda década do século XXI num país chamado Portugal.   - Porque não acabas o namoro? ...com tanto rapaz por aí... - E depois? O que acontece? Chamam-me de puta!     Alice Alfazema

Você tem preconceito linguístico? E profissional?

07.08.16, Alice Alfazema
  Retirado da página Eu Empregada Doméstica.    Nesta página há vários relatos de empregadas domésticas brasileiras, onde muita gente tenta ridicularizar a escrita dos mesmos. Por cá não é muito diferente. Nos blogs, nos jornais, nos programas de TV, no quotidiano, no trabalho, enfim entre uns e outros. As pessoas querem se distinguir dos outros pelo papel social que representam, pensam que valem (...)