Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

O semeador de Tâmaras

10.04.10, Alice Alfazema
      Num oásis escondido numa das mais longínquas paisagens do deserto, encontrava-se o velho Eliahu, de joelhos, ao lado de umas palmeiras de tâmaras. O seu vizinho Hakim, o endinheirado mercador, deteve-se no oásis para descansar os camelos e viu Eliahu a transpirar, enquanto cavava na areia. - Então, velho? Que a paz esteja contigo. - E contigo - respondeu Eliahu, sem abandonar a sua tarefa. - Que fazes aqui, com este calor e com essa pá nas mãos? - Estou a semear - (...)