Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

As √°rvores e as pessoas

15.11.19, Alice Alfazema
Ilustra√ß√£o¬†Alida Massari ¬† ¬† No fundo, as √°rvores n√£o s√£o muito diferentes das pessoas. Enquanto somos jovens, os pimentos ‚Äúmais vi√ßosos‚ÄĚ, aqueles que associamos √† frondosidade da beleza (os verdes), s√£o os que t√™m protagonismo. Mas o passar do tempo revela os outros, talvez menos percept√≠veis, que sempre fizeram parte de n√≥s mas que nos d√£o outras cores e outro tipo de beleza na meia-idade (o nosso Outono). ¬† Texto do blogue Estrada de Damasco (...)

M√ļsica de Outono

14.11.19, Alice Alfazema
¬† Ilustra√ß√£o¬†¬†Terry Fan ¬† Est√° um dia de temporal, daqueles dias cinzentos e barulhentos, o vento sopra em v√°rios tons, ora manso, ora furioso, de vez em quando faz pausas e deixa o sil√™ncio entrar, pianinho, pianinho. ¬† Sei de cor a m√ļsica que hoje vou ouvir, os mo√ßos v√£o gritar como gaivotas, guinchos longos e estridentes, v√£o comer desalmadamente, andar √† chuva e dizer que n√£o tiveram culpa, v√£o p√īr-se debaixo dos algerozes e aproveitar a √°gua ao m√°ximo. V√£o andar (...)

No reino das folhas caídas

04.11.19, Alice Alfazema
  Ilustração Alida Massari   No reino das folhas caídas, as árvores ficam despidas, o vento sopra com mais força, a chuva cai com intensidade, cogumelos emergem do solo, os corvos piam devagar, as rolas reclamam do tempo. No reino das folhas caídas, os castanhos são vassalos, os musgos condes, as formigas continuam a amealhar comida, nesse reino de nostalgia as árvores aproveitam para enraizar. Porque não fazes o mesmo?