Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Valorização

25.01.13, Alice Alfazema
O estômago, os pés e a boca discutiam acaloradamente sobre a importância de cada um e sobre a sua força. Os pés constantemente que, graças a eles, o estômago podia mover-se e deslocar-se. Se eles se negassem, que iria fazer o estômago?   E o estômago respondia: "Amigos, embora isso esteja certo, se eu não vos desse alimento, não me poderíeis levar nem fazer nada".   E os pés e o estômago, um depois do outro, dirigiam-se à boca e disseram-lhe: " E tu, se não falares, (...)

Consciência

08.01.13, Alice Alfazema
  Tu que estás mal vestido não tens consciência daquilo que é a vida, nunca participaste em conferências ou dialogas-te com gente ilustre. Sabes lá tu o que é ler um livro ou passar cultura aos teus filhos. Nunca fizeste por isso. Não que eu te tenha pisado, eu sociedade sempre atenta, que agora estremeço, pois vejo em mim a tua sombra. Não te quero perto de mim, (...)

Uma pergunta por dia: O país aguenta mais austeridade?

31.10.12, Alice Alfazema
"Estamos neste momento em insustentabilidade e o que precisamos, senhor ministro, não é de um Governo honradinho, porque este país não tem mais disponibilidade para discursos salazarentos. O que nós precisamos, senhor ministro das Finanças, é de um Governo que diga a verdade e que defenda o país perante a 'troika' e que diga de uma vez por todas, em nome de Portugal, em nome dos portugueses, que esta estratégia não resulta". João Galamba, 30 de outubro de 2012 U (...)

A maratona dos portugueses

27.10.12, Alice Alfazema
O senhor ministro das finanças, Victor Gaspar, disse que Portugal e os portugueses estão numa maratona e que o esforço final poderá ser compensador, por via das duvidas aconselho:         Alice Alfazema