Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Trabalho forçado

a escravatura moderna

31.07.21, Alice Alfazema
  Ilustração Vasco Gargalo Vasco Gargalo  é o vencedor do concurso internacional de cartoon sobre trabalho forçado, destinado a aumentar a sensibilização para a escravatura moderna. Na sequência do desafio que a OTI lançou em março de 2021: "E se o seu lápis fosse uma ferramenta contra o trabalho forçado?"  “O trabalho forçado é um assunto complexo, algumas imagens (...)

Os fracassados

28.07.21, Alice Alfazema
Ilustração Andreas Preis O fracasso assola o nosso dia a dia, em todas as dimensões da nossa vida. Por causa do fracasso não se muda de opinião, de visual, de amizades, de amor, de emprego, de sonho. É pelo fracasso que nos esvaímos em stress e ansiedade. É pelo fracasso que não tentamos. É pelo fracasso que nos acomodamos à dor. É pelo fracasso que vemos os que tentam e fracassam, mais fracassados que os que nunca o fazem.  No entanto, os fracassados são gente cheia de (...)

Trabalhadores

Patrões à portuguesa

22.07.21, Alice Alfazema
Ilustração Andrei Popov   Há por aí uma cultura que murmura palavreado de aversão aos trabalhadores, diz-se aqui e ali que quer-se é emprego e não trabalho, que trabalho há muito, só não trabalha quem não quer. Mesmo a comunicação social evidencia, e em muito, os constrangimentos que as greves deixam no rastro dos dias de luta. Como se não fosse necessário abdicar de dias de salário para demonstrar que se existe. Raramente se vê questionar as causas, os baixos (...)

Opinião-ão-ão

04.07.21, Alice Alfazema
É interessante perceber até que ponto algo dito por alguém é considerado uma opinião. Provavelmente o meu cão quando rosna está a emitir a sua opinião, assim como quando gane.  Aquilo de que se diz do que é uma opinião refere-se ao acto de pensar e emitir pela boca  ou da boca para fora o seu pensamento sobre o que foi tido em apreciação.  Provavelmente há palavras que são mais rápidas que o pensamento, talvez por serem sempre as mesmas em uso, ou então o pensamento é (...)

Descolaborar

06.06.21, Alice Alfazema
  Ilustração Alberto Pancorbo Há medida que o tempo passa e a sociedade se transforma noutras dinâmicas adoptam-se novas formas de interpretar as palavras, por vezes distorcendo a realidade, para  o mesmo fim. Se num passado relativamente recente se atribuía a palavra trabalhador a quem vendia a sua força de trabalho, seja ela qual fosse, hoje é frequente ouvirmos falar em colaboradores, dando assim um ar mais levezinho à árdua tarefa de trabalhar, diz-se até que o (...)