Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Ganache de chocolate

16.02.19, Alice Alfazema
Às vezes parece-me que não vivi nada até agora, que tudo o que soube e que aprendi ao longo da minha vida foram coisas que ficaram fora de prazo. Tudo voltou a nascer, agora com outros nomes, tal como o molho de chocolate que ponho há anos no meu bolo, é agora uma novidade, vinda daqui.    Eu até poderia (...)

Observação

29.01.19, Alice Alfazema
  Filme Neil Bromhall   Aprende quem quer. Se olharmos atentamente descobrimos sempre novidades, o mundo renova-se a cada instante. Quem não está presente não aprende. É preciso estarmos atentos e presentes.  Basta querer. É o querer que muda tudo. Da vida à morte.