Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Hoje fiz...

Bolo-Rei

27.12.20, Alice Alfazema
  Agora dá-me para fazer doces sem livro de receitas,  a bem da verdade sempre o fiz, não consigo seguir uma receita à letra, no entanto, agora nem tomo nota do que faço, é como se fosse uma aventura baseada na experiência. E correu muito bem, tão bem que os vestígios estão a ficar escassos. Ficam aqui as provas. Para mais tarde recordar. As broas são restos de Natal e são de batata doce e amêndoa, dessas restam apenas duas, os outros já se foram, para bem dos (...)

5000

22.12.20, Alice Alfazema
Ilustração Olga Demidova   Era uma vez uma estrela e um estrelo que viviam no profundo azul do espaço, utilizavam a sua luz para emitirem as suas emoções e comunicarem um com o outro, assim mesmo estando longe pareciam unidos por aquilo que sentiam. Não utilizavam sorrisos, nem sabiam o que eram abraços, os seus sentimentos eram transmitidos através da canalização de uma energia mental que poderia ser utilizada sem limites. Uma vez de cinco mil em cinco mil anos sentavam-se (...)