Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Dois

07.06.15, Alice Alfazema
Estavam os dois tão delicadamente em cima da muralha. De passo solto e elegante, os dois apanhavam o sol do final daquela tarde de Junho. Namoravam. Elevaram-se naquele céu azul, deram a volta e pairaram por um momento. Sentiram os dois o espaço que há entre o céu e a terra. Depenicaram o vento. Namoravam. Voltaram à muralha, não se importaram com (...)

Amar

14.02.12, Alice Alfazema
"Ter pouco e dar do que tem, do que venha a precisar, tal acção é só de alguém que na vida sabe amar."     João Liberal           Alice Alfazema