Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Bela adormecida

07.09.16, Alice Alfazema
  Fotografia de Scott Kelly ver mais aqui.     Vou deixar um poema bater as asas e voar se for noite é morcego ou talvez aquela ave audível na noite serena da qual só o seu canto conhecemos.     Vou deixar um poema bater as asas e voar se for dia é pardal ou talvez condor planando no céu ao viajar daqui até aí.