Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Horizonte

20.06.18 | Alice Alfazema | comentar
 Ilustração Evgenia Gapchinska   O sonho é ver as formas invisíveisDa distância imprecisa, e, com sensíveisMovimentos da esperança e da vontade,Buscar na linha fria do horizonteA árvore, a praia, a flor, a ave, a fonte —Os beijos merecidos da Verdade.    

De branco se dança

19.06.18 | Alice Alfazema | comentar
   Fotografia Sheau Torng Lim    Pois há na dança uma força intensa e uma magia,uma pureza que a natureza enviana sensualidade de corpos em agitação.   Poema Leonardo Schabbach

A malta

11.06.18 | Alice Alfazema | ver comentários (2)
 Foto: Jesco Denzel/REUTERS  Esta fotografia tem corrido mundo e tem sido estudada ao pormenor por os mais variados especialistas, agora chegou a minha vez de analisa-la. Sendo assim e depois  de a olhar atentamente alguns segundos verifico que: As pessoas que estão (...)

Enquanto estou pensando

05.06.18 | Alice Alfazema | comentar
Ilustração  Jonathan Windham De quem é o olhar Que espreita por meus olhos? Quando penso que vejo, Quem continua vendo Enquanto estou pensando?   Fernando Pessoa