Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Os olhos do músico

02.10.16, Alice Alfazema
  Os olhos do músico percorrem o palco, pairam sobre as partituras, lêem aquelas estranhas linhas escritas de forma emocional. Umas bailam, outras têm pausas, mais fortes, lentas, corridas, a passo. Vem o Dó, às vezes o Mi, querem todas voar por aquele espaço dourado. Quantos olhos já aqui vieram? Quantas mãos tocaram aqui? Quantos aplausos se (...)