Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

A lenda do entrecosto carnudo

27.09.16, Alice Alfazema
No ano do senhor de MMXVI, uma lindíssima dama vai às compras ao hipermercado Continente, tinha na sua mente fazer uma gostosa sopa de feijão com carne e legumes para o jantar. Apressa-se então a chegar ao talho e olha a vitrine recheada de carnes e promoções, que poderiam transformar-se em manjares de deuses. Haviam costeletas de suíno, frango do campo, lombo de porco, codornizes, entremeada, bife de vaca...e eis que chega o rapagão do talho, dentro da sua farda de quase (...)