Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

As pessoas que têm vidas difíceis lêem livros de auto-ajuda...

14.04.18, Alice Alfazema
Pergunto-me se as pessoas que têm vidas difíceis lêem livros de auto-ajuda, se têm tempo para pegar em frases e fazer delas estilos de vida. Será que desconhecem tal conceito, ou serão esses livros meras orações que ficam bem dizer? Será que um ordenado estica de cada vez que se lê uma página? Ou os livros deixam uma realidade dentro de outra? Parece fácil tal como a leitura, não precisa de interpretação, está ali preto no branco, se dissermos muitas vezes será verdade, (...)