Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Bairro da Jamaica

30.01.19, Alice Alfazema
Fui ver onde ficava o bairro da Jamaica, sempre pensei que ficava em Lisboa, afinal é no Seixal, na margem sul de Lisboa, também não sabia que havia uma margem sul de Lisboa.    Vi algumas fotografias de prédios em tijolo, com casas sem as mínimas condições de habitabilidade onde moram pessoas há décadas, pensei que já não existisse disto em Portugal, pensei mal.    Provavelmente muitas daquelas pessoas trabalham na margem norte de Lisboa. Ou não há margem norte?

Micro contos - O outro lado

08.09.18, Alice Alfazema
  Ilustração The Awkward Yeti       Eu estava ali pensando que deveria mudar, tentar de novo mais uma vez. Estava deixando para trás todos os motivos pelos quais exigia uma mudança de mim próprio. Pensava tanto em me esvaziar de tudo que não via o outro lado que me enchia de pensamentos obscuros e dolorosos.  

Micro contos - Influencer

19.08.18, Alice Alfazema
    Ilustração Lisa Aisato     Na rua da minha avó morava uma senhora que gostava de espreitar quem passava, estava sempre a par das novidades e tinha opiniões fundamentadas sobre diversos assuntos: era a influencer lá do sítio.       Alice Alfazema

Acender a luz

08.04.17, Alice Alfazema
        "A EDP é uma companhia privada, não tem que ver com mais nada a não ser com os acionistas"   António Mexia     Ver mais aqui.     Eu mexo, tu mexes, ele mexia.   Provérbio popular português     Alice Alfazema