Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Dezembro - Dia 11 - Ideias

11.12.19, Alice Alfazema
    Ilustração  Christian Schloe   Ter ideias, muitas ou poucas, loucas ou certinhas. Ter ideias é cuidar da criatividade, do nosso eu mais íntimo, daquele que não contamos a ninguém. Ter ideias é construir e destruir marcadores de medo, de ansiedade, é a esperança continuada no dia-a-dia. Ter ideias é ousar abrir caminhos, mesmo que sejam estreitos, mas que hão-de levar-te ao lugar. Ter ideias é não parar, é caminhar para não estagnar, é pular a lama e ficar na beira (...)

Do Eça até hoje

28.10.11, Alice Alfazema
      Descobriram que aquilo que o Eça disse há muito tempo, é ainda uma verdade actual. De tantas hipóteses,  a repetição exaustiva de ideias é a que ainda prevalece viva até hoje, e por muito que pensem, pensam sempre no mesmo e da mesma forma.   O grande desafio seria mudar de ideias...         Alice Alfazema