Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Diário dos meus pensamentos (17)

05.04.20, Alice Alfazema
Hoje é domingo, o último antes da Páscoa, choveu e fez frio. Continuo na minha tarefa de fazer a coronamanta, está a bom ritmo, já tenho poucas cores, não sei como ficará no fim, talvez mais desmaiada, logo se vê, o que interessa é fazê-la. O dia foi tranquilo, vi o concerto do José Cid no Campo Pequeno, gostei, gostei muito, e sinto que foi tão  bom crescer com pessoas assim, que nos fazem pensar. Apesar desta tranquilidade domingueira em minha casa, sinto que no andar de (...)

Diário dos meus pensamentos (10)

Favas

29.03.20, Alice Alfazema
Hoje fiz favas para o almoço com carapaus pequeninos fritos, dei graças aos homens e  às mulheres que me permitiram comer estas iguarias, também às plantas e aos peixes, é assim que gosto de fazer as minhas orações - em pensamentos, trauteie a música Resistiré da banda Dúo Dinámico, enquanto descascava as favas e lembrei-me de um episódio perdido no tempo, num tempo em que ainda não tinha filhos, mas que já morava com o meu marido e trabalhava numa fábrica longe de casa. (...)

Crónicas de um cão em tempos de quarentena

23.03.20, Alice Alfazema
  Já lá vão uns dias disto, agora tenho um maior acesso ao sofá, e às vezes por distracção a uma cama, também tenho comido mais petiscos que o costume, pois agora há sempre gente em casa. Tenho utilizado bastante o meu truque de começar a tremer para que a malta me dê mais biscoitos, o problema é que os biscoitos estão a acabar. Mantenho-me mais em alerta e pratico mais exercício físico, não, não são passeios com os donos! É mesmo andar de um lado para o outro a ladrar (...)

Diário dos meus pensamentos (3)

O meu signo

22.03.20, Alice Alfazema
Por estes dias a previsão do meu signo tem estado em sintonia com o meu quotidiano:   Já reparou que o seu mundo doméstico está saturado de coisas que enchem as gavetas e os armários desnecessariamente? Deite fora o que não precisa.