Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Janeiro 20/20

7

07.01.20, Alice Alfazema
  A liberdade é a única coisa que os homens não desejam; e isso por nenhuma outra razão (julgo eu) senão a de que lhes basta desejá- la para a possuírem; como se recusassem conquistá-la por ela ser tão simples de obter.           Assim é: os homens nascem sob o jugo, são criados na servidão, sem olharem para lá dela, limitam-se a viver tal como nasceram, nunca pensam ter outro direito nem outro bem senão o que encontraram ao nascer, aceitam como natural o estado que (...)

Pensar e resistir

25.06.19, Alice Alfazema
      Qual é o papel da Educação hoje? O papel da Educação é de ajudar os alunos a enfrentar problemas da vida. Isso de uma forma geral, mas sobretudo num mundo em crise. Eu fiz vários livros sobre Educação e, para mim, a ideia fundamental é que falta nos programas de Educação alguns temas fundamentais para que as pessoas possam enfrentar problemas da vida.   Que temas são esses? Em primeiro lugar, a Educação trata de de conhecimento, mas é preciso fazer a pergunta: o (...)

Inteligência colectiva

24.08.18, Alice Alfazema
Ilustração  Fernando Cobelo     Acredita que existe uma inteligência colectiva que vai ajudar a humanidade a pensar o mundo em que vive e a preocupar-se com o seu futuro (e o do planeta) e não com apenas cada indivíduo com o seu próprio futuro?   Sim, os humanos pensam mais em grupo do que individualmente. Cerca de 99% das ideias que moldam a nossa visão do mundo foram criadas por outras pessoas. Além disso, os três grandes problemas que a humanidade enfrenta hoje são, na (...)