Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Cotovelos para fora!

11.09.19, Alice Alfazema
  Estou cansadíssimo de estar no sofá, mudei-me para o primeiro colo que encontrei, é muito mais fofo e anatómico, estou exausto de dormir e comer, dormir, comer e ladrar, comer e dormir, ladrar, dormir e comer. Estou aqui a descrever isto para que tenham a vossa dor de cotovelo em grande forma.   

Quem quer casar com o meu cão?

11.03.19, Alice Alfazema
  O Ginjas está muito chateado porque ainda não existe um programa televisivo de encontros caninos. Onde ele possa encontrar a cadela da sua vida. Para poderem dividir o sofá, a comida, e aquecerem as patinhas juntinhos. O grande sonho dele é que possam ir ladrar juntos na varanda, àquele miúdo que passa de triciclo e faz um barulho horrível com as rodinhas mal oleadas. Ou ainda para poderem fazer chichi na erva orvalhada da manhã, depois de umas leves dentadinhas. 

Amarrotado

01.06.18, Alice Alfazema
Ora aqui estou eu de focinho amarrotado, deitadinho, numa soneca que se prolonga por vários colos. Adoro colinho, não gosto muito de festas e abracinhos, mas lá tem de ser a troco de colo sou capaz de tudo. Bem, também sou capaz de ser bonzinho por breves momentos, ou enquanto durar uma refeição em família, essas são as melhores, muita gente a quem cravar qualquer coisinha.