Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Muros invisíveis

14.06.14, Alice Alfazema
    (...) os homens que, como era costume na Idade Média, comiam juntos, tirando a carne com os dedos da mesma tigela, bebendo vinho da mesma caneca, a sopa do mesmo pote ou do mesmo prato, entre outras particularidades comportamentais (...), tinham uns com os outros uma relação diferente da nossa. E essa diferença não residia apenas ao nível da consciência argumentativa; também a vida emocional dessas pessoas tinha uma estrutura e um carácter diferentes. A sua vida afectiva (...)