Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Estaca...

28.03.10, Alice Alfazema
Por hoje tudo se resume a nada, sempre em função dos outros, daqui e dali. Há tempos li uma história, que me parece cada vez mais actual, presos a tudo, por nada. Por medo não faço, por aquilo que os outros pensam  não digo, qual estaca que prende o elefante... "Quando era pequeno, adorava o circo e aquilo de que mais gostava era os animais. Cativava-me especialmente o elefante, durante o espectaculo, a enorme criatura dava mostras de ter um peso, tamanho e força (...)