Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Conversas da escola - É quase meio-dia

15.05.18, Alice Alfazema
É quase meio-dia e uma miúda de quinze anos vem pedir um copo com água para tomar um comprimido, como não é atendida em dois segundos dá meia volta e vai embora...passados dois minutos volta com o namorado e o rapaz pede outra vez a água, que por acaso ainda estava em cima do balcão, dizemos que ela foi embora sem dizer mais nada e pergunto-lhe: - Ela disse que não a atendíamos? - Sim.  - Pois, mas é mentira ela tem que saber esperar. -  não era isso é o mal estar...estou (...)

A fome nas escolas revela-se através da letra A?

29.06.16, Alice Alfazema
Outras perguntas retiradas do blogue Blasfémias.     Se se disser que os meninos desrespeitam o que foi acordado com as suas famílias temos um problema? Se se designar a coisa como “desperdício alimentar” temos uma causa fofinha? Se os alunos do escalão A não comem nas cantinas comem onde? Oficialmente as suas famílias não terão (...)