Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Di√°rio dos meus pensamentos (36)

24.04.20, Alice Alfazema
¬† Ilustra√ß√£o Karina Lemesheva ¬† A transforma√ß√£o da nossa energia √© uma consequ√™ncia do ambiente em que vivemos. Esta dist√Ęncia tem sido boa para verificar aquilo que disse na frase anterior. Ao estarmos distantes percebemos melhor o que est√° mal e o que est√° bem, o que podemos melhorar, e o que queremos que acabe. Tal como com as flores cada um precisa de uma energia diferente, claro que muitos se identificam, outros nem tanto, h√° quem se d√™ melhor na sombra, outros √† (...)