Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Dezembro - Dia 20 - Festa

20.12.19, Alice Alfazema
  Ilustração Alberto Macone     A festa aproxima-se, é talvez a cada instante, muitas vezes não dás por ela, a festa é quando sentes que o mundo é um lugar mágico, em que as árvores te podem dar o dom da vida. A festa é viver cada momento como se fosse um prazer descontrolado dado por alguém, que sentes, mas não vês. A festa é agora, é sempre, é quando o teu coração bate e te acompanha na emoção. A festa é aquilo que te acorda todos os dias. Enquanto houver isso a (...)

Há festa no castelo

21.05.17, Alice Alfazema
Era uma vez um castelo muito vaidoso e sábio, as suas paredes eram muito velhas e tinham resistido a muitas intempéries, nelas cresciam as heras e os pássaros faziam ninhos. Esse castelo via dois rios e um oceano, era conhecido por ser um bom vigilante, amava as serras que o ladeavam e os rios que via ao longe. Por vezes ficava pensativo a olhar o oceano, tinha curiosidade em saber o que se passava para lá daquela massa enorme de água.          Um dia resolveu que havia de (...)