Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

As minhas flores

20.04.21, Alice Alfazema
Eu não tenho jardim, mas tenho bosques, vales, planícies e serras, onde colho as minhas flores, colho-as com a objectiva, este ano redescobri o prazer de observar as flores silvestres, sentindo uma alegria quase infantil por ver uma diversidade tão grande de pormenores que nos são alheios na pressa do dia a dia. Há algo comum a todas elas - Liberdade.   Espírito das danças, espírito das estrelas,espírito das crianças, espírito das velas,espírito que te escondes nos risos e (...)

Tarte de maçã de Palmela e mandioca do Brasil com,

Moscatel de Setúbal

17.04.21, Alice Alfazema
  Num destes dias comprei um pacotinho de mandioca hidratada, tinha curiosidade em saber o seu sabor, hoje aventurei-me a misturar alguns ingredientes para chegar àquilo que imaginei, decidi unir o Brasil a Palmela, Brasil porque não sei qual a verdadeira zona de origem da mandioca.  A mandioca tem um cheiro um tanto ou quanto merdozo, cheira muito mal. Bem continuando, untei com margarina o fundo de uma tarteira, cortei seis maçãs nascidas e criadas na região de Palmela, (...)

9

A vida inteira

09.03.21, Alice Alfazema
  A minha filha perguntou-meo que era para a vida inteirae eu disse-lhe que era para sempre.      Naturalmente, menti,mas também os conceitos de infinitosão diferentes: é que ela perguntou depoiso que era para sempree eu não podia falar-lhe em universosparalelos, em conjunções e disjunçõesde espaço e tempo,nem sequer em morte.      A vida inteira é até morrer,mas eu sabia ser inevitável a questãoseguinte: o que é morrer? Por isso respondi que para sempreera assim (...)

Há novidades!

Chegaram hoje as andorinhas.

28.02.21, Alice Alfazema
Hoje pela manhã vi que as andorinhas já tinham chegado, com alegria esvoaçavam de volta do ninho, fico sempre encantada ao descobrir que estes pequenos viajantes de longo curso voltaram. Não somente a visão, mas também a mensagem de resiliência que é necessária para empreender tal viagem. Tenho procurado em tudo o que me rodeia encontrar a chave para ser mais resiliente de forma serena, sem questionar muito, relativizando as minhas fragilidades, tal como o faço com os outros.  É (...)