Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Família é isto...

13.05.17, Alice Alfazema
    É fazeres uns pastéis de bacalhau, que ficaram uma valente bosta e ouvires: ó mãe eu sou especialista em pastéis de bacalhau e estão óptimos, e do outro lado, eu gosto é assim moles. E dá-te uma vontade de chorar, porque ainda estão piores do que aquilo que julgavas.     Alice Alfazema

Voilà!

15.04.17, Alice Alfazema
    Eu era uma mulher frustrada, em toda a  minha vida de doceira fui sempre um desastre a bater natas. Tentei diversos truques, desde guardar as natas no frigorífico antes de as bater, comprei várias marcas...e nada de acertar com a coisa. Ora saíam aguadas, ora viravam manteiga de tanto bater. Mas...depois descobri...ao fazer uma mousse de limão, que basta, atenção, basta, juntar sumo de limão! E voilà... eis o melhor chantilly de todas as eras. Acabaram-se os medos e as (...)

O cravinho como terapia alternativa

08.12.16, Alice Alfazema
      Eu gosto de cozinhar, em minha casa utilizo muito as plantas aromáticas e as especiarias. Adoro o sabor do cravinho, mas o que gosto mais de fazer é pregar partidas com o dito cravinho. Assim quando faço um prato, tenho quase sempre o cuidado de retirar os cravinhos antes de servir, só que...quem serve sou eu, e então coloco estrategicamente o meu querido cravinho escondido no prato das vítimas, que são preferencialmente o meu marido e às vezes o meu filho. Claro que (...)

Eu na cozinha

27.03.16, Alice Alfazema
  Eis o meu primeiro folar. É de chocolate,  a receita está dois posts abaixo, é fácil de fazer e fica giro. Na próxima fornada vou fazer o de Olhão. Sirvam-se à vontade. Boa Páscoa!   Alice Alfazema