Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Serviço de limpeza de livros escolares

21.06.19, Alice Alfazema
Caros leitores, ao longo do dia fui sendo bombardeada com queixas de encarregados de educação, e sei que também foram feitas queixas ao CM, sobre o facto de os manuais escolares, que foram gratuitos, e do qual todos assinaram um termo de responsabilidade sobre os mesmos, em como deveriam de os entregar em condições de  voltarem a serem (...)

Coisas do nosso tempo - Testes adaptados

27.03.19, Alice Alfazema
Agora há uma ultra modalidade de avaliação escolar: testes adaptados. Não são testes para alunos com necessidades educativas especiais, são testes para aquilo que o aluno sabe. Portanto é assim, a avaliação tem a ver com aquilo que o aluno sabe, se sabe pouco adapta-se o teste à sabedoria, se sabe mais ou menos faz-se a mesma coisa e por aí fora. No final a nota é dada por avaliação do teste apresentado. Há quem já ande a dizer "o meu teste era mais fácil que o teu". Sendo (...)

Conversas da escola - De frente e de costas

16.06.18, Alice Alfazema
Tenho uma colega que trabalha a tempo parcial na escola,  o seu horário de trabalho na escola vai do meio da manhã  até por volta das duas, quando chega já vem de uma outra escola, onde faz a recepção dos alunos na versão ATL, fica com eles até que as aulas comecem, ganha mais nesse curto espaço de tempo, do que naquele que está como assistente operacional na escola, pergunto-lhe:   - Então ganhas mais a fazer esse trabalho do que aqui? - Sim, mas é um trabalho diferente!

Conversas da escola - Respeitinho é preciso

25.05.17, Alice Alfazema
Uma senhora telefona para a escola: - Bom dia, pode-me dizer se amanhã fazem greve aí na escola? - Não lhe sei dizer isso... - É muita falta de respeito pelos pais não nos dizerem se fazem greve ou não...       Alice Alfazema

O almoço convívio

18.05.17, Alice Alfazema
Há onze anos atrás fui a um almoço convívio na escola onde trabalho. Foi um almoço realizado no local de trabalho, onde foram convidadas pessoas que tinham trabalhado na escola e que já estavam reformadas. Achei óptimo, promover o convívio entre uns e outros, os que ainda trabalhavam ali, os novos trabalhadores e os antigos. Na hora da homenagem à antiga directora foi-lhe oferecida uma recordação como prova do agradecimento pelos longos anos que ali trabalhou. Então a (...)