Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Conversas da escola - ZOO

Maio 24, 2018

Alice Alfazema

À frente do balcão tenho uma grade que separa o bar da sala polivalente, essa grade é de metal e cheia de buraquinhos, como se fosse uma renda, de dentro consigo ver o que se passa de fora, mas de fora é mais difícil de ver o que se passa cá dentro. Para que se consiga ver aquilo que existe para lá da grade é necessário encostar a cara ao metal e ficar lá colado a espreitar, muitas vezes com uma mão sobre os olhos. Assim, acontece que quando estou lá dentro a preparar a vitrine para a abertura tenho muitas vezes clientes a espreitar pela grade:

 

- Eu não quero ninguém a espreitar por aqui! Não estou no zoológico!

 

- Temos fome!

 

 

Alice Alfazema

Conversas da escola - Despacha-te

Maio 19, 2018

Alice Alfazema

Está calor e é tempo de saborearmos um geladinho, mas - por vezes existe um mas - temos um horário rígido para a venda de gelados, só os vendemos a partir das quatorze e trinta. No entanto, a partir das duas da tarde já a malta anda de roda do balcão para ver se cai alguma coisita:

 

 

- Ó Contina a que horas é que se pode comprar gelados? 

- Vá lá! Está quase na hora.

- Mas porque é que tem de ser a essa hora?

- É só hoje. Vá lá...

 

E por aí a diante. Não adianta explicar porque insistem em contornar a coisa. Assim, adoptou-se outro sistema:

 

- Ainda não há gelados porque a arca tem uma tranca que só abre às 14:30h.

está programada para isso?

- Está, por isso não podemos fazer nada.

- E como é que ela destranca? Faz barulho? 

- Sim, é com o Despacito. (nesta parte canto um bocadinho da música)

 

Ironia das ironias, aproxima-se a hora, chega uma miúda ao balcão e pede um gelado, na t-shirt branca que tem vestida trás escrito em letras pretas e grandes: Des - pa - cito.

 

- Estão a ver?! Já está na hora!

Digo eu apontando para a t-shirt da rapariga.

 

 

 

Despacha-te queremos comer gelado!

 

 

Conversas da escola - Que tipo de penteado é o teu?

Maio 16, 2018

Alice Alfazema

 

Um rapaz e uma rapariga estão ao balcão, ambos são do 5º ano, têm dez anos de idade, a miúda tem os olhos verdes acinzentados e o cabelo loiro escuro apanhado no alto da cabeça - está um calor do caraças - o rapaz implica com a rapariga, ela ignora e faz ares de vampe, ele diz-lhe:

 

- Vai-te pentear! Estás toda despenteada!

 Ela olha-o com olhar de diva, e finge que não ouve. Ele volta à carga:

- Vai-te pentear, pareces um ananás!

 

Resultado: 

a) uma latada na tromba

b) uma latada no ombro

c) uma latada onde calhar

 

( a foto acima representa uma pequena amostra do penteado)

 

 

 

Alice Alfazema

 

 

 

Conversas da escola - Mª Albertina

Maio 02, 2018

Alice Alfazema

(uma pequena introdução: no meu local de trabalho muitas vezes não sou levada a sério, ou porque me rio constantemente, ou porque nunca tenho um problema grave que envolva um semblante carregado, daqueles em que se unem as sobrancelhas e se esticam bem o bico...ou porque gosto de pregar partidas.)

 

Sendo assim: ia eu a passar pela zona onde fica o telefone central, o chamado PBX, quando vejo uma folha afixada onde se informava que ia haver um acção de formação no dia tal e tal, havia umas quantas linhas para se colocar o nome de quem queria ir, mas acontece que as linhas estavam em branco, um dia, dois dias, três dias, quatro dias...sempre em branco, vai daí pego numa caneta - penso isto não pode estar em branco - e escrevo Mª Albertina. Uma colega viu e rimo-nos as duas. E esqueci-me daquilo.

 

Hoje, fui chamada pela tal colega...sabes a professora responsável pela acção de formação foi-me perguntar quem era a funcionária MªAlbertina, que não a conhecia e que precisava de lhe dizer que a acção tinha sido cancelada. E o que disseste? Tive que lhe dizer que era brincadeirinha

 

 

Alice Alfazema

Conversas da escola - A dúvida

Abril 19, 2018

Alice Alfazema

São duas gémeas quase idênticas, andam no 5º ano e ao longe são iguais, no dia da reunião de pais ralhei com uma delas, mas fiquei na dúvida, no dia seguinte pergunto à primeira que vejo:

 

- Então, quem é que estava em cima do cesto de basquetebol, eras tu ou a tua irmã? 

- Era a minha irmã! Ela é mais macaca que eu.

 

 

 

Alice Alfazema

Conversas da escola - Estás aqui estás ali

Abril 11, 2018

Alice Alfazema

Adulto que vem ao bar para comer, adulto refilando:

- Lá começo eu a comer estas sandes ao almoço...

Estamos a falar de um magnifico pão de mistura, com delícias do mar e ovo cozido envolvidos numa bela maionese qb, isto tudo em cama de alface e cenoura. Dona Alicinha pergunta:

- Não gosta destas sandes? Três dias em África, no Sudão e até ficava com saudades delas.

Silêncio absoluto. 

 

Tenham um bom dia caros clientes.

 

 

Alice Alfazema

Conversas da escola - É mais fácil passar o camelo pelo fundo de uma agulha...

Abril 09, 2018

Alice Alfazema

Primeiro dia de aulas depois de uma pausa de quinze dias...um miúdo de onze anos pergunta a vários colegas se já tinham namorada, eis que fico curiosa e pergunto-lhe:

 

- E tu já tens namorada?

- Eu? 

- Sim tu... andas a perguntar a toda a gente.

- Eu não tenho, é muito difícil, é uma agulha no palheiro.

 

 

 

Alice Alfazema

O número dois

Março 23, 2018

Alice Alfazema

Maria das Neves trabalhava como auxiliar numa escola pública portuguesa. Era um dia chuvoso e frio de Março, o vento assobiava por entre as árvores, já passava do meio dia e meia quando a professora Maria das Cruzes deu pela sua falta, procurou, procurou durante cinco árduos minutos...até que uma outra funcionária lhe disse: ela deve estar na casa de banho. Maria das Cruzes já enervada foi ver se a Maria das Neves estava na sala de pessoal, lá alguém lhe voltou a dizer: ela deve estar na casa de banho

 

Entretanto deu a uma da tarde. Maria das Neves entra na sala de pessoal para despir a farda e ir morfar o seu farnel...quando alguém lhe diz: A professora Maria das Cruzes estava à tua procura. Eu sei, responde Maria das Neves, ela foi bater à porta da casa de banho, eu demorei um bocadinho, estava a fazer o número dois.

 

 

 

 

Alice Alfazema

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

O meu cão é um amor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D