Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Maio dia 1

01.05.14, Alice Alfazema
♥     As rosas. Neste primeiro dia de Maio as rosas eram rainhas nas jarras da casa da minha mãe, levantava-se cedo para não deixar entrar o Maio, significa isto: não ficar preguiçoso durante um ano, neste dia celebra-se a festa da Primavera, as colheitas que hão-de vir.   Hoje levantei-me cedo, e vi o Sol entrar no meu quarto, lembrei-me dela, o seu corpo nasceu (...)

O cheiro da maresia

04.11.12, Alice Alfazema
  Aquilo que me enrolou  e embrulhou  e fez correr pelo Mar e fez gozar os beijos de uma sereia não foi a onda, porque eu estava na praia assentadinho e calado...   Foi apenas o eco da voz da onda que vem e bate, não sei lá bem se nas funduras das grutas se nas funduras de mim, o eco, que me enrolou e me rolou, embrulhou (sossegadinho na areia) e fez beijar, na maresia, (...)