Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Proteção de crianças e jovens

Famílias

15.09.21, Alice Alfazema
Hoje vi na SIC uma reportagem em que uma mãe de três crianças falava sobre o seu problema, enquanto falava era visível o seu desespero, relatava que era a cuidadora informal dos seu filho mais pequeno, o qual era portador de diversas comorbilidades, sendo que estando nesse papel não usufruía rendimento, ao todo como referiu, o salário que entrava lá para casa era o do marido, o que com horas extraordinárias chegava aos novecentos euros mensais, desse rendimento retirava-se os (...)

Trabalhadores

Patrões à portuguesa

22.07.21, Alice Alfazema
Ilustração Andrei Popov   Há por aí uma cultura que murmura palavreado de aversão aos trabalhadores, diz-se aqui e ali que quer-se é emprego e não trabalho, que trabalho há muito, só não trabalha quem não quer. Mesmo a comunicação social evidencia, e em muito, os constrangimentos que as greves deixam no rastro dos dias de luta. Como se não fosse necessário abdicar de dias de salário para demonstrar que se existe. Raramente se vê questionar as causas, os baixos (...)

Dia Internacional da Biodiversidade

Pradarias marinhas do Sado

22.05.20, Alice Alfazema
O mar e os rios, não são apenas manchas de água, neles se encontram uma diversidade enorme de vida, muita da qual ainda desconhecemos, é importante preservarmos agora para o futuro. Será que as pradarias marinhas do Sado vão continuar assim no futuro? O que tem sido feito pelos organismos Locais e Centrais para que assim continue? O Ministério do Ambiente prefere contentores de lixo no Porto de Setúbal a manter esta biodiversidade? As enormes dragagens no rio Sado interessam e (...)

Publicidade a coisas docinhas e boas

21.08.19, Alice Alfazema
Mais uma vez vou aqui falar sobre as lojas de gomas que proliferam como cogumelos rente às escolas portuguesas. Para quando a legislação sobre a venda e estabelecimentos deste tipo de produtos?   E já agora, acrescentem lá, as bebidas energéticas.  Os impostos que pagam. O tipo e idade dos clientes.  A correlação entre saúde e doença.     

Coisas do nosso tempo - Bruno Lage

19.05.19, Alice Alfazema
  Ilustração Ajubel       Se vocês tiverem a exigência que têm no futebol como nos outros aspetos do nosso Portugal – economia, educação, saúde – vamos ser um país melhor.     Bruno Lage, no seu discurso como treinador campeão do Sport Lisboa e Benfica, em 2019