Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Momento dourado

18.01.21, Alice Alfazema
Fotografia Carlo Galliani Nada do que é dourado fica, ou é um fim, ou um começo. Um momento hipnótico difícil de repetir, talvez impossível. O dourado é a loucura que se afasta ou que vem ao encontro. Queria eu poder escolher com qual delas ficar.  

#diariodagratidao 25-01-2019

25.01.19, Alice Alfazema
    Ilustração Andrej Mashkovtsev   Hoje aconteceu uma coisa que já não via desde Novembro passado: voltei a acordar com o sol a bater na minha janela, a iluminar o meu quarto, daquele amarelo dourado que dura uns breves minutos.  É algo que gosto muito. Chego a acordar mais cedo para poder desfrutar destes instantes. Hoje estou grata por voltar a receber esta visita.