Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

À capacidade da raiz

25.05.19, Alice Alfazema
  Ilustração Pramod Kurlekar       Poderemos supor que nas plantas, o atractor ou a finalidade será a busca de luz (fototaxia). A árvore cresce em direção à luz até que um tronco dá origem a dois ramos e esses a outros dois, e assim por diante, obedecendo a uma lógica fractal de bifurcação. Contudo, o tronco e os ramos não se desenvolvem sem raiz. Também as raízes parecem obedecer a padrões baseados na bifurcação em direção a uma finalidade (busca de água - (...)

Se o DNA de um organismo se mantivesse estável e fosse transmitido sempre de forma fiel aos descendentes, haveria evolução?

25.11.16, Alice Alfazema
    Se o DNA de um organismo se mantivesse estável e fosse transmitido sempre de forma fiel aos descendentes, não existiria evolução, porque não seria criada a novidade. A variação genética torna cada indivíduo único e resulta de alterações subtis que vão sendo criadas na sequência de bases do DNA.     Ao longo do tempo, e à medida que as moléculas de DNA vão sendo copiadas, vão-se acumulando pequenos erros, como que pequenos defeitos numa fotocópia. Pode ocorrer (...)