Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Dia da República portuguesa...

05.10.11, Alice Alfazema
          Passando pelas ruas da cidade, vejo a maioria das lojas fechadas, não por ser feriado, mas porque fecharam para sempre, esguichos de tinta cobrem as paredes, levando a imagens que me dão a sensação de desleixo, de ignorância e de gente sem cérebro.   Quero comprar produtos portugueses e não os encontro, sinto-me num país vazio de alma, onde cada rotunda é um (...)